13/06/2012 - 02:34

3º Fórum (Teresina)


Emitidos no III Fórum Realizado

 

Teresina – Pi, maio de 2007

 

PROPOSTAS PARA DISCUSSÃO:

01 – Avaliação das Carências na obra de Evangelização do NE;

02 – Analizar a situação da Senami em relação ao Processo Missionário pela CGADB;

03 – Discutir a proposta de captação de Recursos apresentada pela Comissão formada pela presidência da 38ª. AGO da CGADB, entre outras;

04 – Rever alguns Conceitos missiológicos

Grupos de Trabalhos:

01 – Conceitual  : Definir conceitos como  Missões, Missionário, papel da SENAMI, etc. A Comissão foi formada seis ministros:

Eduardo Leandro Alves – João Pessoa, PB; Gilberto dos Santos – Natal, RN; Roberto M. O de Oliveira Filho – Aracaju, SE; Antônio Carlos dos Santos – Campina Grande, PB; José Expedito Dias Reis – Floriano, PI e Pr. Eronildes Albuquerque da Silva – Maceió, AL.

02 – Comissão de Estratégias: Elaborar estratégias para o desenvolvimento da obra missionária no Nordeste brasileiro. Foi formada por 09 ministros:

Francisco Ramos da Paz – Imperatriz, MA; Edmilson Santana – BA; Bezaleel Ferreira – Teresina, PI; Francisco Carvalho – Teresina, PI; Benedito da Silva – Teresina, PI; Jairo Kaillo – Natal, RN; Antonio José – Teresina, PI; Ev. Sebastião Batista da Silva – Imperatriz, MA; José Martins de Sousa – Água Branca, PI.

03 – Finanças: Captação de recursos e suas aplicações. A Comissão foi formada pelos seguintes ministros:

José Edílson da Costa – Fortaleza, CE; Moisés Vieira de Lima – Imperatriz, MA; Jorge Luis P. Sousa – Fortaleza – CE, Valdik Barradas – , Arlindo Melo – .

PROPOSTAS DAS COMISSÕES:

01 – CONCEITUAL:

MISSÕES:

Trabalho de Cristo realizado por meio da Igreja. Ou seja, qualquer trabalho desenvolvido além das fronteiras físicas ou culturais de sua igreja cujo propósito seja cumprir a Grande Comissão, proclamando o Evangelho de Jesus Cristo por meio da evangelização, do discipulado, da implantação de igrejas e desenvolvimento de trabalhos sociais que visem: a glória de Deus, a edificação da igreja e a salvação dos perdidos.

MISSIONÁRIO:

É todo aquele que foi chamado, treinado, comissionado, e enviado sob a tutela de uma igreja, para trabalhar nas áreas:

TRANSCULTURAL: Aquele que ultrapassa uma barreira cultural significante.

NACIONAL:  Aquele que não ultrapassa uma barreira cultural.         

AUTÓCTONE: Obreiro nativo que necessita de manutenção externa.

Após estas aprovações, foi proposto que fossem desmembrados as discussões de fortalecimento da SENAMI e os Projetos Estratégicos Para Evangelização do Nordeste.

02 – COMISSÃO DE ESTRATÉGIAS:

A –  Propõe Revitalização da SENAMI:

Que seja dado à SENAMI autonomia administrativa, transformando-a em pessoa jurídica, para que a mesma possa gerir suas receitas e despesas e atender as necessidades da evangelização.

Uma vez legalizada, a SENAMI será o principal veículo canalizador de recursos para evangelização das áreas mais carentes do Brasil.

B –  Uma vez legalizada, a SENAMI será o principal veículo canalizador de recursos para evangelização das áreas mais carentes do Brasil.

C – Secretaria de Missões das convenções precisam identificar  as suas necessidades  locais de evangelização e disponibilizá-las no site do Fórum das Secretarias de Missões das Assembléias de Deus: www.admissoes.org

03 – ALAVANCAR RECURSOS (FINANÇAS):

Criação do SAM – Sistema de Adoção Missionária.

SAM funcionará da seguinte forma:

a) Ao acessar o site www.admissoes.org, o   cooperador poderá escolher em qual estado gostaria de adotar um ou mais missionários. Ao clicar no ícone SAM, uma janela da Secretaria de Missões do estado escolhido se abrirá para que o internauta se inscreva e inicie um contato.

Cada Secretaria alimentará o Site com as suas necessidades de evangelização.

b) Se o adotante desejar, poderá cadastrar-se como mantenedor em todas as Secretarias Estaduais;

c) Os cadastrados no SAM poderão ser tanto  pessoas físicas quanto jurídicas, incluindo Igrejas e Convenções;

d) Para efeito de adoção por parte de igrejas e/ou  convenções, o sistema apresentará uma relação  de municípios que poderão  ser mantidos pelas  mesmas;

e) Incremento dos cursos dos treinamentos de missionários com a padronização dos currículos para missões nacionais, visando a formação dos novos obreiros, os quais serão enviados ao campo, objetivando um melhor e maior resultado dos objetivos buscados.

f) criação da AMADENE: Associação Missionária das Assembléias de Deus do Nordeste. A proposta é que a AMADENE tenha como  membros de sua diretoria, os secretários executivos das convenções.  A associação poderá trabalhar com a captação de recursos junto aos órgãos governamentais, bem como gerir (administrar) os recursos que serão doados para a evangelização do Nordeste.

g) A Comissão de Estratégias propôs que a Seara em Foco criasse novas seções e rocurasse ter uma  diagramação mais moderna;

h) Criar uma vinheta comum sobre missões que ficaria armazenada no site para download dos interessados, para que a mesma seja utilizada nos diversos meios de comunicação que nossa igreja tem acesso.

i) Buscar de materiais evangelísticos. Contatar organismos nacionais e/ou internacionais que possam facilitar a aquisição de material impresso de cunho evangelístico tais como: Bíblias, panfletos, folhetos e outros.

Realizado em Terezina – Piauí, maio de 2007

 

PROPOSTAS PARA DISCUSSÃO:

01 – Avaliação das Carências na obra de Evangelização do NE;

02 – Analizar a situação da Senami em relação ao Processo Missionário pela CGADB;

03 – Discutir a proposta de captação de Recursos apresentada pela Comissão formada pela presidência da 38ª. AGO da CGADB, entre outras;

04 – Rever alguns Conceitos missiológicos

 

Grupos de Trabalhos:

01 – Conceitual  : Definir conceitos como  Missões, Missionário, papel da SENAMI, etc. A Comissão foi formada seis ministros:

Eduardo Leandro Alves – João Pessoa, PB; Gilberto dos Santos – Natal, RN; Roberto M. O de Oliveira Filho – Aracaju, SE; Antônio Carlos dos Santos – Campina Grande, PB; José Expedito Dias Reis – Floriano, PI e Pr. Eronildes Albuquerque da Silva – Maceió, AL.

02 – Comissão de Estratégias: Elaborar estratégias para o desenvolvimento da obra missionária no Nordeste brasileiro. Foi formada por 09 ministros:

Francisco Ramos da Paz – Imperatriz, MA; Edmilson Santana – BA; Bezaleel Ferreira – Teresina, PI; Francisco Carvalho – Teresina, PI; Benedito da Silva – Teresina, PI; Jairo Kaillo – Natal, RN; Antonio José – Teresina, PI; Ev. Sebastião Batista da Silva – Imperatriz, MA; José Martins de Sousa – Água Branca, PI.

03 – Finanças: Captação de recursos e suas aplicações. A Comissão foi formada pelos seguintes ministros:

José Edílson da Costa – Fortaleza, CE; Moisés Vieira de Lima – Imperatriz, MA; Jorge Luis P. Sousa – Fortaleza – CE, Valdik Barradas – , Arlindo Melo – .

 

 

 

 

 

PROPOSTAS DAS COMISSÕES:

01 – CONCEITUAL:

MISSÕES:

Trabalho de Cristo realizado por meio da Igreja. Ou seja, qualquer trabalho desenvolvido além das fronteiras físicas ou culturais de sua igreja cujo propósito seja cumprir a Grande Comissão, proclamando o Evangelho de Jesus Cristo por meio da evangelização, do discipulado, da implantação de igrejas e desenvolvimento de trabalhos sociais que visem: a glória de Deus, a edificação da igreja e a salvação dos perdidos.

MISSIONÁRIO:

É todo aquele que foi chamado, treinado, comissionado, e enviado sob a tutela de uma igreja, para trabalhar nas áreas:

TRANSCULTURAL: Aquele que ultrapassa uma barreira cultural significante.

NACIONAL:  Aquele que não ultrapassa uma barreira cultural.         

AUTÓCTONE: Obreiro nativo que necessita de manutenção externa.

Após estas aprovações, foi proposto que fossem desmembrados as discussões de fortalecimento da SENAMI e os Projetos Estratégicos Para Evangelização do Nordeste.

02 – COMISSÃO DE ESTRATÉGIAS:

A –  Propõe Revitalização da SENAMI:

Que seja dado à SENAMI autonomia administrativa, transformando-a em pessoa jurídica, para que a mesma possa gerir suas receitas e despesas e atender as necessidades da evangelização.

Uma vez legalizada, a SENAMI será o principal veículo canalizador de recursos para evangelização das áreas mais carentes do Brasil.

B –  Uma vez legalizada, a SENAMI será o principal veículo canalizador de recursos para evangelização das áreas mais carentes do Brasil.

C – Secretaria de Missões das convenções precisam identificar  as suas necessidades  locais de evangelização e disponibilizá-las no site do Fórum das Secretarias de Missões das Assembléias de Deus: www.admissoes.org

03 – ALAVANCAR RECURSOS (FINANÇAS):

Criação do SAM – Sistema de Adoção Missionária.

SAM funcionará da seguinte forma:

a) Ao acessar o site www.admissoes.org, o   cooperador poderá escolher em qual estado gostaria de adotar um ou mais missionários. Ao clicar no ícone SAM, uma janela da Secretaria de Missões do estado escolhido se abrirá para que o internauta se inscreva e inicie um contato.

Cada Secretaria alimentará o Site com as suas necessidades de evangelização.

b) Se o adotante desejar, poderá cadastrar-se como mantenedor em todas as Secretarias Estaduais;

c) Os cadastrados no SAM poderão ser tanto  pessoas físicas quanto jurídicas, incluindo Igrejas e Convenções;

d) Para efeito de adoção por parte de igrejas e/ou  convenções, o sistema apresentará uma relação  de municípios que poderão  ser mantidos pelas  mesmas;

e) Incremento dos cursos dos treinamentos de missionários com a padronização dos currículos para missões nacionais, visando a formação dos novos obreiros, os quais serão enviados ao campo, objetivando um melhor e maior resultado dos objetivos buscados.

f) criação da AMADENE: Associação Missionária das Assembléias de Deus do Nordeste. A proposta é que a AMADENE tenha como  membros de sua diretoria, os secretários executivos das convenções.  A associação poderá trabalhar com a captação de recursos junto aos órgãos governamentais, bem como gerir (administrar) os recursos que serão doados para a evangelização do Nordeste.

g) A Comissão de Estratégias propôs que a Seara em Foco criasse novas seções e rocurasse ter uma  diagramação mais moderna;

h) Criar uma vinheta comum sobre missões que ficaria armazenada no site para download dos interessados, para que a mesma seja utilizada nos diversos meios de comunicação que nossa igreja tem acesso.

i) Buscar de materiais evangelísticos. Contatar organismos nacionais e/ou internacionais que possam facilitar a aquisição de material impresso de cunho evangelístico tais como: Bíblias, panfletos, folhetos e outros.





Veja mais notícias: